Às mães da Esquadromil

Às mães da Esquadromil

“Mãe é uma palavra poderosa que toca qualquer um. É sinônimo de amor forte e incondicional. Um amor que não se baseia no sangue que se tem em comum, mas na afeição que se desenvolve no coração. É uma ligação que não se explica em palavras, mas que se demonstra em sentimentos. E é por isso que quando falo de vocês, sei que me refiro às pessoas que marcaram seus filhos de uma forma tão profunda, que usar a palavra mãe nunca será exagerado.

Vocês são conselheiras, verdadeiras amigas que nos escutam a toda hora. Nossos problemas e preocupações, sei que são os seus também, pois, vocês estão sempre prontas para ajudar. E sei que o tempo pode passar, tanta coisa pode surgir, que nada irá separar vocês de seus filhos. Vocês terão sempre um significado especial, como figura maternal que nunca os deixarão sozinhos.
Mães, dedico esta mensagem a vocês que estiveram ao lado de seus filhos nas horas em que choraram e nas horas em que sorriram. Nas horas em que se lamentaram e nas horas em que, de uma forma ou de outra, demonstraram total alegria.

Agradecemos pelo sorriso diário, sem mágoas nem rancores, agradecemos de peito aberto, de alma exposta. Agradecemos pelos dias de mau humor de seus filhos, em que vocês os acalmaram em seu colo.

Hoje quero parar e agradecer, porque vocês fizeram, fazem e farão sempre, parte da nossa história! Vocês são maravilhosas.
Todo o ser humano é genial. Todo o ser humano dispõe de capacidades infinitas para o bem. É só uma questão de se conhecer a fundo e praticar a bondade a toda a hora. Todo mundo é capaz de realizar as maiores proezas e desafiar quaisquer dias cinzentos para transformar esses dias em um mundo de cor. Todos somos fortes o suficiente para embarcar numa vida de beleza. Mas há um ser que se distingue dos outros devido à sua natureza inata de amor e carinho: a mãe.

Ser mãe é conhecer toda a luz que faz da vida um local bom para viver. Ser mãe é permitir sonhar com futuros maiores, mais bondosos, mais verdadeiros. Ser mãe é dar vida, e é, se necessário, dar a vida a quem deu vida. O mundo e a vida agradecem a existência de vocês, as mães, porque sem vocês, tudo seria menos gracioso, tudo seria apagado e toda a verdade perderia consciência.
Mãe são três letras apenas.

Céu também tem três letras e nelas, cabe o infinito.”

 

As homenageadas:

Rita Guimarães
Ednalva Soares
Maria das Graça
Ivana Rodrigues
Raquele Dias
Jéssica Oliveira
Laurinete Santos
Aparecida da Soledade
Laurídes Bonfim
Paula Rosana

 

Feliz Dia das Mães!